Henry Ford - Por Ele Mesmo

 
Última edição - 1995

Henry Ford - Por Ele Mesmo

Henry Ford - Por Ele Mesmo

Monteiro Lobato, o indómito pioneiro nos mais diversos campos do progresso industrial e cultural no Brasil foi, entre nós, o mais entusiasmado apologista de Henry Ford. No Prefácio que ele escreveu em 1934 para Minha Vida e Minha Obra, o grande livro de autoria de Ford, inspiradamente Lobato escreveu as seguintes palavras: “Quando no futuro um outro Carlyle reescrever os Heróis, ao lado de Moisés, de Cromwel, de Odin, figurará Henry Ford — o herói do trabalho. Porque se há no mundo um herói do trabalho, um revelador das possibilidades do trabalho como remédio de todos os males que o não-trabalho, o mau trabalho, e a inique organização do trabalho criou, é Herny Ford. E quem no mundo moderno, mais que Henry Ford está fecundando o progresso humano com o pólen que fará o nosso amanhã melhor que o nosso hoje e o nosso ontem? O valor de Henry Ford não reside em ser o homem mais rico de todos os tempos; isso faria dele apenas um saco mais pesado que outros sacos cheios; seu valor reside em ser ele a mais lúcida e penetrante inteligência moderna a serviço da mais nobre das causas: a supressão da miséria humana. Indústria, não é, como se pensava, um meio empírico de ganhar dinheiro; é o meio científico de transformar os bens naturais da terra em utilidades de proveito geral, com proveito geral. O fim não é o dinheiro, é o bem comum, e o meio prático de o conseguir reside no aperfeiçoamento constante dos processos de trabalho conduzido de par com uma rigorosa distribuição de lucros a todos os sócios de cada empresa. Posta nas bases de Henry Ford a indústria deixa de ser o Moloch devorador de milhões de criaturas em benefício de um núcleo de nababos e transforma-se em cornucópia inextinguível de bens. Extingue-se o sinistro antagonismo entre o capital e o trabalho, que ameaça subverter o mundo. Reajusta-se a produção ao consumo e graças à distribuição equitativa desaparece o monstruoso câncer da miséria humana. Ford foi um gigante da Revolução Industrial. Certamente um dos maiores homens do século XX. No Brasil sua influência na área industrial foi marcante. A Ford Motor Company, através de seus carros — desde omodelo T até os mais sofisticados — foi uma presença constante nas ruas e nas estradas do Brasil. Este livro conta a história de Henry Ford um herói de nossos tempos.


Nas categorias: DESIGNER ANÍSIO CAMPOS - ACERVO PESSOAL, FNM - Fábrica Nacional de Motores S.A.- Acervo pessoal General-Brigadeiro Antônio Guedes Muniz